terça-feira, 17 de Julho de 2012

Elvas: Património Mundial

Como alguns dos meus leitores sabem, estou a frequentar um curso na Universidade de Coimbra, pelo que não tenho dado muita atenção ao blogue. No entanto, apesar de ser Verão, confio em poder continuar a escrever alguma que outra entrada desde que o tempo e a preguiça me deixem.

Mas antes do que tudo, tenho de falar, mesmo que seja com uma certa demora, de um facto importantíssimo para a cidade onde moro, Elvas. Finalmente o conjunto de muralhas e fortificações abaluartadas desta cidade da Raia foi reconhecido como Património Mundial pela Unesco. Parabéns! Já não era sem tempos!

Elvas merece isto e mais pela sua singularidade histórica enquanto guardiã da fronteira. Muitas batalhas, muitas guerras foram livradas neste cantinho do solo pátrio e hoje, por fim, todas essas infra-estruturas vêem  o seu valor ser reconhecido mundialmente. Espero que isto sirva para uma renovação da cidade, quer no aspecto do turismo que vem visitá~la, quer na oferta turística, quer nas mentalidades das pessoas no sentido de serem mais abertas a inovações e ao dinamismo que costuma trazer uma declaração assim.



 Foto 1. Aqueduto da Amoreira, ex-líbris da cidade.
Foto 2. Elvas vista da planície do Caia.